(67) 99100-5957        (67) 3213-7821

quarta-feira, 10 de abril de 2019

Como a Limpeza Dentária pode ajudar você a melhorar sua saúde.


A correta escovação diária é importante para manter a boca saudável, mas quando a escovação não consegue eliminar ou evitar as manchas e placas nos dentes, é hora de consultar o profissional dentista.

As manchas e placas bacterianas podem levar ao aparecimento de cáries, sangramento das gengivas ou até à doença nos ligamentos que sustentam os dentes na boca.

Ao fazer uma limpeza dentária mais profunda, os dentes ficam livres de resíduos de alimentos que podem causar todos esses problemas na boca e assim manter a sua boca saudável sempre.

Uma manutenção regular uma vez ao ano (dependendo do caso) é recomendável para manter tudo no controle e evitar que, restos de alimentos não removidos com a escovação, se acumulem e prejudiquem a sua saúde bucal.




sexta-feira, 27 de julho de 2018

Enjoos matinais na gravidez o que fazer?


Enjoo e vômitos frequentes podem fazer com que o ácido do estomago afete os dentes, para proteger os dentes faça um bochecho caseiro com uma solução de bicarbonato de sódio, coloque uma colher de chá de bicarbonato de sódio em um copo com água e enxague os dentes, não deve deglutir a solução somente bocheche e cuspa em seguida, isso deve ajudar a proteger os dentes do ácido que vem do estômago. 

Grávida pode tratar dos dentes?


O ideal é que a mulher se planeje e cuide dos dentes antes de engravidar, mas isso nem sempre é possível e pode acontecer da gestante precisar tratar dos dentes devido a uma dor muito forte e ainda precise ser radiografada no dentista, saiba que a radiografia em certos meses de gestação é completamente segura e pode ser feita sempre que você utilize o avental de chumbo para proteger a barriga e se possível utilizar o colar para proteger a tireoide.

Tratar de um dente depende de avaliação correta e individual pois muitas vezes é necessário aplicar anestesia para aliviar a dor e tratar do dente, existem medicamentos que podem ser administrados em mulheres gravidas e o dentista irá tomar a correta atitude ao te avaliar.

O que você pode fazer para ajudar na formação do dente do seu bebê


O dente o seu bebe se desenvolve entre o terceiro ao sexto mês, uma boa alimentação é parte fundamental para que os dentes do bebe se formem adequadamente, especialmente as vitaminas A, C e D juntamente com proteínas, cálcio e fosforo. 

Normalmente a mulher em gestação sente necessidade de se alimentar mais, tome cuidado com os alimentos que contenham muito açúcar, você já sabe que as verduras e vegetais são saudáveis então escolha estes alimentos sempre que puder , alem de fornecer o que você precisa também ajudam na sua saúde bucal e a do seu bebê. 

Principais problemas bucais que podem surgir na gravidez


Durante a gestação os hormônios da mulher se alteram de forma acentuada e é aconselhável que a gestante faça uma inspeção mais detalhada da sua boca, preste atenção e cuidado com feridas avermelhadas e doloridas, pode ser gengivite; o que é muito comum na gravidez, o seu dentista com certeza irá orientá-la de maneira correta para escovar os dentes e manter a sua boca limpa e assim prevenir ou controlar a gengivite por exemplo. 

Outro problema comum é a chamada  Erosão do esmalte dental, ocorre principalmente devido aos vômitos que são mais frequentes na gravidez.

A salivação exagerada também é uma situação comum nos primeiros meses de gestação e pode ser controlada ou amenizada com pasta dental mentolada, caso persista é aconselhável que procure o seu dentista.

Dor de dente pode ocorrer porque em muitos casos o dente já estava afetado pela cárie e durante a formação do feto a mulher sente mais vontade de ingerir alimentos que contenham açúcar pois a demanda por energia é grande na gestação, sendo assim a cárie pode piorar e apresentar sintomas, como inchaço e dor de dente.

Veja como escovar os dentes corretamente…

Se você desconfiar de alguma ferida ou qualquer alteração na boca não duvide em consultar o quanto antes o seu dentista, pois a gengivite se não tratada pode evoluir para uma doença gengival mais severa.